Domingo, 14 de Abril de 2024
22°C 33°C
Plácido de Castro, AC
Publicidade

História de 'A Sociedade da Neve' provavelmente teria outro desfecho na situação climática atual

Nos últimos 30 anos, a Cordilheira dos Andes perdeu cerca de 12% da sua camada de neve por década. 

23/02/2024 às 17h48
Por: Informativo Plácido Fonte: Mega Curiososo
Compartilhe:
Foto: Reprodução/Mega Curioso
Foto: Reprodução/Mega Curioso

O filme A Sociedade da Neve (2023), recentemente indicado ao Oscar, retrata a história verídica de um grupo de jogadores de rugby do Uruguai que sofreram um acidente de avião indo disputar um campeonato no Chile. A aeronave caiu nos Andes, perdeu as asas e a cauda, e deslizou 600 metros no frio congelante da região — onde os sobreviventes tiveram que lutar para se manterem vivos por 72 dias.

Porém, o cenário que eles encontraram na região em 1972 mudou drasticamente desde então. Nos últimos 30 anos, a Cordilheira dos Andes perdeu cerca de 12% da sua camada de neve por década. De 2010 a 2019, por exemplo, a região sofreu uma seca de neve tão severa que ameaçou a disponibilidade de água doce em partes da América do Sul.

Sendo assim, pesquisadores argumentam que o desastre aéreo provavelmente teria um resultado diferente em consequência das alterações climáticas que afetaram a região.

Cordilheira dos Andes em aquecimento

(Fonte: Getty Images)(Fonte: Getty Images)

Embora a neve nos Andes varie conforme o ano e a estação, a quantidade média anual diminuiu drasticamente desde a década de 1970, indica um estudo feito pela Universidade de Groningen, na Holanda. No ano em que o avião caiu, por exemplo, aconteceram nevascas acima da média que alteraram a rota fatal do voo. A viagem inicialmente deveria sair de Montevidéu até Santiago no dia 12 de outubro de 1972, mas os pilotos decidiram fazer uma escala noturna em uma cidade argentina.

A grande quantidade de neve piorou o frio e os dias nas montanhas tornaram-se insuportáveis para os sobreviventes — o que causou várias outras mortes nos dias subsequentes. Contudo, especialistas em aviação acham que o avião não teria sobrevivido sem toda essa neve. "Se eles tivessem pousado em uma situação sem neve, muito provavelmente o avião teria despedaçado e ninguém teria sobrevivido ao acidente inicial por causa do pouso nas rochas", disse o especialista em segurança da aviação John Nance em entrevista ao National Geographic. 

Mesmo que o voo tivesse sobrevivido a esta aterrisagem rochosa, a história dos sobreviventes poderia ter sido diferente. O avião caiu nas montanhas perto da fronteira entre o Chile e a Argentina, depois deslizou para uma área chamada "Vale das Lágrimas". Em 2019, um estudo descobriu que a área dos Andes tem recebido cerca de 10% menos neve por década desde aquela época.

Cenário diferente

(Fonte: Charley Gallay/Netflix/Getty Images)(Fonte: Charley Gallay/Netflix/Getty Images)

De acordo com investigadores, à medida que a queda da neve diminui, a taxa de aquecimento local aumentou rapidamente. Logo, os sobreviventes não sentiriam tanto frio, certo? Exatamente. Quando o Sol atinge uma superfície escura e sem neve como as montanhas, a superfície absorve toda a energia e a Terra aquece mais. Sendo assim, a falta de neve no local do acidente poderia ter tornado o frio mais suportável.

Além das temperaturas geladas, os sobreviventes disseram que um dos principais desafios era a sede, uma vez que comer neve machucava as gengivas, línguas e gargantas. Porém, com temperaturas mais altas, nem mesmo água congelada poderia estar disponível na região, forçando os sobreviventes a procurar neve no topo da montanha ou obter água de uma fonte diferente como uma geleira. 

Esses são apenas alguns exemplos que ilustram como o aquecimento global impactaria nesse tipo de situação. Porém, para a sorte da humanidade, cada vez menos precisamos nos preocupar com esse tipo de situação. Embora as alterações climáticas sejam cada vez mais cruéis, voar tornou-se mais seguro — diminuindo a probabilidade de acidentes como esse acontecerem.

 

 

 

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Mega Curiosidades
Sobre o blog/coluna
Aqui você pode encontrar de tudo, desde curiosidades até fotos históricas.
Ver notícias
Plácido de Castro, AC
25°
Parcialmente nublado

Mín. 22° Máx. 33°

26° Sensação
1.21km/h Vento
90% Umidade
100% (7.42mm) Chance de chuva
07h32 Nascer do sol
07h25 Pôr do sol
Seg 32° 23°
Ter 35° 23°
Qua 31° 24°
Qui 32° 23°
Sex 31° 22°
Atualizado às 18h06
Publicidade
Publicidade
Economia
Dólar
R$ 5,12 +0,00%
Euro
R$ 5,46 +0,00%
Peso Argentino
R$ 0,01 +0,10%
Bitcoin
R$ 355,422,70 -2,13%
Ibovespa
125,946,09 pts -1.14%
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade