Domingo, 19 de Maio de 2024
21°C 34°C
Plácido de Castro, AC
Publicidade

4 tratamentos promissores no combate ao câncer

O Câncer é uma doença em que as células anormais se dividem incontrolavelmente e destroem o tecido do corpo.

11/04/2024 às 14h57
Por: Informativo Plácido Fonte: Mega Curiososo
Compartilhe:
Foto: Reprodução/Mega Curioso
Foto: Reprodução/Mega Curioso

A data de 8 de abril marcou o Dia Mundial de Combate ao Câncer. Esta é uma doença que causa a morte de cerca de 10 milhões de pessoas por ano, segundo a Organização Mundial da Saúde. Ou seja: toda nova descoberta sobre ela pode ajudar a salvar vidas.

A boa notícia é que o campo científico está constantemente testando novos tratamentos para oferecer aos pacientes de câncer. Confira a seguir quatro destas novas possibilidades que se prenunciam no horizonte.

1. O teste para identificar 18 tipos de câncer em estágio inicial

Um novo teste pode ajudar a identificar o câncer em fase inicial. (Fonte: Getty Images)

Pesquisadores americanos anunciaram um teste que poderá identificar 18 tipos de câncer em estágio inicial. E o melhor é que o teste da Novelna deve fazer isso a partir da análise das proteínas do sangue, sem utilizar métodos invasivos.

De acordo com o estudo, que já foi publicado, a análise foi feita em 440 pessoas diagnosticadas com câncer. O teste rastreou corretamente 93% dos casos já identificados em homens em estágio 1 e em 84% das mulheres.

Segundo os pesquisadores, esse resultado abre margem para o desenvolvimento de um teste de rastreio multicancerígeno bastante preciso e que pode auxiliar no tratamento precoce da doença, diminuindo muito o número de mortes.

2. Uma injeção para o tratamento do câncer

Pacientes ingleses começarão a receber uma injeção de tratamento. (Fonte: GettyImages)Pacientes ingleses começarão a receber uma injeção de tratamento. (Fonte: Getty Images)

Um dos tratamentos oncológicos mais comuns é a quimioterapia. Segundo o Serviço Nacional de Saúde da Inglaterra, o país está testando o uso de uma injeção para tratamento de doença que leva apenas 7 minutos para ser administrada, diminuindo muito o tempo de um tratamento intravenoso atual (que dura cerca de uma hora).

A vantagem de acelerar o tempo de tratamento é liberar os pacientes para outros atendimentos e proporcionar menos angústia. A expectativa é que cerca de 3.600 pacientes ingleses passem a receber seu tratamento por meio dessa injeção.

3. Terapia com células-tronco

A pesquisa com células tronco tem trazido resultados promissores. (Fonte: GettyImages)A pesquisa com células-tronco tem mostrado resultados promissores. (Fonte: Getty Images)

O tratamento com células-tronco é uma das grandes esperanças na cura do câncer. Faz cinco anos que a FDA aprovou a terapia com essas células T retiradas do receptor de antígeno quimérico (CAR), gerando uma terapia emergente que se expande para diversos tipos de câncer.

No Brasil, a Anvisa aprovou em 2023 que a Fundação Hemocentro de Ribeirão Preto e o Instituto Butantã pudesse iniciar os testes em seres humanos. O tratamento, feito no publicitário e escritor Paulo Peregrino, usava células modificadas do próprio paciente para combater o câncer que ele possui há cinco anos.

Em seguida, as instituições divulgaram resultados impressionantes: ele tinha muitos nódulos espalhados no organismo que começaram a desaparecer apenas 30 dias depois. As pesquisas seguem em andamento com novos pacientes, e os cientistas têm esperança para que, em breve, a Anvisa registre essa nova terapia para que ela fique disponível aos pacientes do SUS.

4. Uso de inteligência artificial nos diagnósticos

A inteligência artificial vai auxiliar a prever a probabilidade de desenvolvimento de câncer. (Fonte: GettyImages)A inteligência artificial vai auxiliar a prever a probabilidade de desenvolvimento de câncer. (Fonte: Getty Images)

Na Índia, pesquisadores estão usando inteligência artificial (IA) e a aprendizagem automática para avançar em seus estudos sobre o rastreio de cânceres comuns. A tecnologia é usada para analisar raios-x e identificar a doença onde talvez os especialistas não vejam.

Isso é importante, por exemplo, para o diagnóstico de cânceres comuns e altamente letais, como o de pulmão. Uma pesquisa feita no MIT está elaborando uma tecnologia de IA que consiga prever a probabilidade de uma pessoa desenvolver esse câncer com até seis anos de antecedência por meio de uma tomografia computadorizada. 

“Descobrimos que, embora nós, como humanos, não conseguíssemos ver onde estava o câncer, o modelo ainda poderia ter algum poder preditivo sobre qual pulmão acabaria por desenvolver a doença”, afirma Jeremy Wohlwend, um dos autores do estudo, em entrevista ao We Forum.

 

 

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Mega Curiosidades
Sobre o blog/coluna
Aqui você pode encontrar de tudo, desde curiosidades até fotos históricas.
Ver notícias
Plácido de Castro, AC
25°
Tempo nublado

Mín. 21° Máx. 34°

26° Sensação
1.14km/h Vento
76% Umidade
0% (0mm) Chance de chuva
07h36 Nascer do sol
07h13 Pôr do sol
Seg 33° 22°
Ter 32° 19°
Qua 34° 20°
Qui 35° 24°
Sex 33° 22°
Atualizado às 07h05
Publicidade
Publicidade
Economia
Dólar
R$ 5,10 +0,00%
Euro
R$ 5,56 +0,00%
Peso Argentino
R$ 0,01 -0,55%
Bitcoin
R$ 362,567,39 +0,18%
Ibovespa
128,150,71 pts -0.1%
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade