Quinta, 20 de Junho de 2024
22°C 35°C
Plácido de Castro, AC
Publicidade

Festival indiano de 10 dias, serenatas e outras 5 tradições de Dia das Mães ao redor do mundo

O Dia das Mães é uma data global e centenária, mas que no Brasil só foi oficializada em 1932 pelo governo de Getúlio Vargas.

13/05/2024 às 10h22
Por: Informativo Plácido Fonte: Mega Curiososo
Compartilhe:
Foto: Reprodução/Mega Curioso
Foto: Reprodução/Mega Curioso

O Dia das Mães é uma data global e centenária, mas que no Brasil só foi oficializada em 1932 pelo governo de Getúlio Vargas. Desde a criação nos Estados Unidos por Anna Jarvis, em 1914, cada país foi adaptando as celebrações e incluindo elementos intrínsecos às suas culturas, tornando a data muito particular dependendo da região do mundo.

Não é só a forma de comemorar que muda, mas também o dia. No Brasil, seguimos a tradição norte-americana de celebrar a data no segundo domingo do mês de maio, assim como em regiões da Ásia e da Europa. Já os argentinos fazem a celebração no terceiro domingo de outubro, enquanto Portugal e Espanha optaram pelo primeiro domingo de maio.

1. Uma serenata para as mães (México)

(Fonte: Unsplash/Reprodução)Famílias, por vezes com mariachis, cantam "Las Mañanitas". (Fonte: Unsplash/Reprodução)

México é um país encantador, cuja beleza se estende às comemorações do Dia das Mães de modo muito particular. No país, a data é celebrada sempre no dia 10 de maio – este ano, sexta-feira. O mês foi escolhido por ser o qual se festeja a Virgem Maria, enquanto o dia remete ao período em que os salários eram pagos a cada dezena.

Conhecido como Día de las Madres, as comemorações começam pela manhã com uma serenata chamada "Las Mañanitas", uma tradicional canção entoada também em aniversários desde 1896. Os membros da família se reúnem do lado de fora da casa, por vezes com bandas de mariachis, e cantam a música para expressar todo seu amor e carinho pela mãe.

2. Presentes caseiros (Itália)

(Fonte: Unsplash/Reprodução)Criar os próprios presentes é tradição na Itália. (Fonte: Unsplash/Reprodução)

Assim como no Brasil, a Itália comemora o Dia das Mães no segundo domingo de maio. Durante a La Festa della Mammaas mães não podem executar tarefas domésticas, o que inclui fazer as refeições. Afinal de contas, trata-se de seu dia especial. A tradição do país prega que as crianças elaborem presentes caseiros, como flores feitas de papel e montagens com fotografias da mãe com os filhos.

Já para os mais velhos, é comum o preparo de doces tradicionais do país, além de bolos enfeitados. O importante é que tudo seja feito pelos filhos para demonstrar o amor e a admiração pela mãe.

3. Um festival de 10 dias (Índia)

(Fonte: Unsplash/Reprodução)Índia celebra as mães em um festival à deusa de todas elas. (Fonte: Unsplash/Reprodução)

Na Índia, ainda que o segundo domingo de maio também tenha sido adotado recentemente, é tradição honrar as mães durante um festival de 10 dias no mês de outubro. Durante essa época, os hindus festejam e homenageiam Durga, a deusa das mães. O festival, conhecido como Durga Puja, remonta ao século XVI, e é tanto uma cerimônia religiosa, quanto um momento de reunião familiar.

No período que antecede o festival, as famílias se reúnem para preparar as refeições que serão consumidas na festa, juntam presentes e decoram suas casas para a data. Também é uma tradição de Dia das Mães visitar outras mães que as pessoas conheçam, seja de amigos ou familiares, levando produtos caseiros para serem compartilhados em um momento de união.

4. Cânticos para as mães (Etiópia)

(Fonte: Unsplash/Reprodução)Comida, cânticos e danças são tradições na Etiópia. (Fonte: Unsplash/Reprodução)

Diz o ditado que "quem canta seus males espanta", mas ao acompanhar as comemorações ao Dia das Mães na Etiópia, também notamos que cantar pode ser uma demonstração de carinho. Isso porque, tradicionalmente, a data ocorre paralelamente ao festival Antrosht, que celebra o final das chuvas no início do outono, e é inteiramente dedicado às mães.

São três dias de festa, em que familiares se juntam em suas casas para uma grande refeição e cantoria. Filhas são responsáveis por trazer vegetais e queijo, enquanto filhos fornecem carne. Os ingredientes resultam em um picadinho, servido enquanto as mães veem seus filhos cantarem e dançarem músicas que contam histórias dos heróis da família.

5. Entre medalhas e bolos em formato de flor (França)

(Fonte: Woman's World/Reprodução)

Bolos em formato ou com rosas são tradição entre os franceses. (Fonte: Woman's World/Reprodução)

A França só oficializou a comemoração do Dia das Mães após o final da Segunda Guerra Mundial, assumindo o segundo domingo do mês de maio para tal. Na primeira metade do século XX, as mães recebiam medalhas no seu dia, tradição trazida desde o fim da Primeira Guerra.

Ela surgiu quando o governo francês passou a conceder medalhas às mães de famílias numerosas como agradecimento por ajudarem na reconstrução do país, que perdera um numeroso contingente de pessoas durante o conflito armado. Com o passar do tempo, as medalhas foram substituídas por bolos com flores ou em formato de flor, uma maneira singela de filhos demonstrarem sua gratidão e amor pelas mães.

 

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Mega Curiosidades
Sobre o blog/coluna
Aqui você pode encontrar de tudo, desde curiosidades até fotos históricas.
Ver notícias
Plácido de Castro, AC
22°
Tempo nublado

Mín. 22° Máx. 35°

23° Sensação
0.6km/h Vento
89% Umidade
0% (0mm) Chance de chuva
07h44 Nascer do sol
07h15 Pôr do sol
Sex 36° 22°
Sáb 37° 24°
Dom 37° 22°
Seg 37° 26°
Ter 36° 25°
Atualizado às 03h05
Publicidade
Publicidade
Economia
Dólar
R$ 5,45 +0,00%
Euro
R$ 5,86 0,00%
Peso Argentino
R$ 0,01 +0,36%
Bitcoin
R$ 379,803,84 +1,07%
Ibovespa
120,261,34 pts 0.53%
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade