Quarta, 07 de Dezembro de 2022
23°

Pancada de chuva

Plácido de Castro - AC

Polícia Red Card

Operação cumpre seis mandados judiciais contra organização criminosa no Acre

'Operação Red Card' oi deflagrada nesta sexta-feira (25). Objetivo é desarticular o núcleo de uma organização criminosa.

25/11/2022 às 10h23
Por: Redação Fonte: G1/Ac
Compartilhe:
Operação da PM e PM cumpre seis mandados judiciais contra organização criminosa no Acre — Foto: Asscom/MP-AC
Operação da PM e PM cumpre seis mandados judiciais contra organização criminosa no Acre — Foto: Asscom/MP-AC

O Grupo de Atuação Especial no Combate ao Crime Organizado (Gaeco), do Ministério Público do Acre (MP-AC), em conjunto com a Polícia Militar, deflagrou, nas primeiras horas desta sexta-feira (25) a Operação “Red Card” com o cumprimento de seis mandados judiciais expedidos pela Vara de Delitos de Organização Criminosa, sendo quatro de prisão.

A Operação “Red Card” tem como objetivo desarticular o núcleo de uma organização criminosa com origem no Rio de Janeiro e atuação no estado do Acre que vinha se fortalecendo através da aquisição de armas de fogo e do tráfico de drogas.

Evidências digitais encontradas em operações anteriores demonstraram que os investigados possuíam forte atuação dentro da organização criminosa e vinham atuando ativamente no confronto entre facções no Acre.

O nome da Operação Red Card ( cartão vermelho) denota o objetivo dos trabalhos: retirar de circulação criminosos que vinham causando intranquilidade no seio social.

O coordenador do Gaeco, promotor Bernardo Albano, disse que as investigações duraram quatro meses e foram resultados também de outras operações.

“O grupo tem origem no Rio de Janeiro, mas também com atuação no nosso estado. Nossa investigação chegou a identificação de pessoas que estavam se fortalecendo na organização criminosa, justamente visando a aquisição de armas de fogo para o enfrentamento a facções rivais, então, através de aprofundamento das investigações anteriores já deflagradas de forma integrada com a Polícia Militar, nós identificamos esse núcleo e na presente data conseguimos realizar a prisão dessas pessoas, foram seis mandados judiciais, todos cumpridos na presente data, sendo quatro de prisão e outros dois de busca e apreensão”, disse.

A operação, segundo o promotor, continua. A tenente-coronel Jokebed Lima, comandante do 1º Batalhão da Polícia Militar, disse que a parceria entre as instituições tem contribuído para o controle da violência no estado.

“A PM e o Gaeco vem em um parceria de 3 anos para desorganizar organizações criminosas atuantes no estado do Acre e esse trabalho tem se fortalecido. Os resultados são grandes e trazem para a PM um retorno enorme, porque enfraquece as organizações criminosas e fortalecem as instituições”, pontua.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.