Domingo, 14 de Abril de 2024
22°C 33°C
Plácido de Castro, AC
Publicidade

Governo e Fieac definem demandas a serem apresentadas aos ministros em visita institucional

Para debater propostas sobre o corredor interoceânico, rota de exportação que liga o Acre ao Peru pela BR-317, governo do Estado, por meio dos titu...

03/04/2024 às 09h12
Por: Informativo Plácido Fonte: Secom Acre
Compartilhe:
Foto: Reprodução/Secom Acre
Foto: Reprodução/Secom Acre

Para debater propostas sobre o corredor interoceânico, rota de exportação que liga o Acre ao Peru pela BR-317, governo do Estado, por meio dos titulares das secretarias de Planejamento (Seplan), Ricardo Brandão; Ciência, Tecnologia e Inovação (Seict), Assurbanípal Mesquita; e Comunicação (Secom), Nayara Lessa; reuniu-se com representantes do Fórum Empresarial de Inovação e Desenvolvimento do Acre nesta terça-feira, 2, na sede da Seplan, em Rio Branco.

Os planos discutidos deverão ser apresentados à ministra do Planejamento e Orçamento do Brasil, Simone Tebet, e ao ministro da Integração e do Desenvolvimento Regional, Waldez Góes, na terça-feira, 9, no encontro “Uma saída pacífica para o Brasil”, na capital acreana. 

Governo e Fieac definiram demandas a serem apresentadas aos ministros em visita institucional. Foto: Neto Lucena/ Secom
Governo e Fieac definiram demandas a serem apresentadas aos ministros em visita institucional. Foto: Neto Lucena/ Secom

“Há mais de 20 anos, o empresariado acreano e o poder público vêm buscando fortalecer a rota bioceânica do comércio bilateral Brasil-Peru e Brasil-Bolívia, sempre em direção ao comércio asiático, sem nenhuma ação concreta. Então, desde 2023, com a criação do Subcomitê de Integração e Desenvolvimento Sul-Americano, o Acre foi inserido na pauta de discussão com o governo federal, por meio do Ministério do Planejamento e Orçamento [MPO]”, explicou Ricardo Brandão. 

Ricardo Brandão: “Indicativo de soluções definitivas”.Foto: Neto Lucena/ Secom
Ricardo Brandão: “Indicativo de soluções definitivas”.Foto: Neto Lucena/ Secom

“Vale ressaltar a união de esforços do Poder Executivo estadual, da classe empresarial e da Assembleia Legislativa. A visita dos ministros vai trazer para o povo acreano um indicativo de soluções definitivas, para que possamos manter a perspectiva do governador Gladson Cameli de gerar emprego para nossa população e desenvolvimento socioeconômico diferenciado”, complementou.

Secretário Assurbanípal Mesquita afirma que a vinda dos ministros celebra o trabalho conjunto para desenvolver corredor interoceânico.Foto: Neto Lucena/ Secom
Secretário Assurbanípal Mesquita afirma que a vinda dos ministros celebra o trabalho conjunto para desenvolver corredor interoceânico.Foto: Neto Lucena/ Secom

Já o secretário Assurbanípal Mesquita afirma que a vinda dos ministros celebra o trabalho conjunto do poder público e setor privado para desenvolver o corredor interoceânico epara dinamizar e dar vazão maior ao fluxo comercial, “promovendo empregos e convidando nossos empreendedores a exportar e usar esse corredor e também trazer os negócios que estão em torno do estado, em Mato Grosso e Rondônia, para que também conheçam e utilizem a infraestrutura do estado, que está pronta”.

José Adriano Ribeiro é presidente da Fieac.Foto: Neto Lucena/ Secom
José Adriano Ribeiro é presidente da Fieac.Foto: Neto Lucena/ Secom

Representando a classe empresarial e o Fórum Empresarial de Inovação e Desenvolvimento do Acre, o presidente da Federação da Indústria do Estado do Acre (Fieac), José Adriano Ribeiro, mencionou as demandas do setor produtivo que serão apresentadas aos ministros. 

“É uma solicitação que setor produtivo vem fazendo ao governo do Estado, que o governo federal tome ciência das dificuldades, para potencializar o setor produtivo com a exportação dos nossos produtos. Saímos daqui com o compromisso de que o setor produtivo vai estar presente e o governo contribuindo com as nossas demandas”, frisou.

Os planos discutidos deverão ser apresentados aos ministros no encontro “Uma saída pacífica para o Brasil”.Foto: Neto Lucena/ Secom
Os planos discutidos deverão ser apresentados aos ministros no encontro “Uma saída pacífica para o Brasil”.Foto: Neto Lucena/ Secom

Serviço

O encontro “Uma saída pacífica para o Brasil”, com a ministra do Planejamento e Orçamento, Simone Tebet, e o ministro da Integração e do Desenvolvimento Regional, Waldez Góes, será realizado na próxima terça-feira, 9, no auditório do Centro Universitário do Norte (Uninorte), às 9h.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Plácido de Castro, AC
25°
Parcialmente nublado

Mín. 22° Máx. 33°

26° Sensação
1.21km/h Vento
90% Umidade
100% (7.42mm) Chance de chuva
07h32 Nascer do sol
07h25 Pôr do sol
Seg 32° 23°
Ter 35° 23°
Qua 31° 24°
Qui 32° 23°
Sex 31° 22°
Atualizado às 18h06
Publicidade
Publicidade
Economia
Dólar
R$ 5,12 +0,00%
Euro
R$ 5,46 +0,00%
Peso Argentino
R$ 0,01 +0,10%
Bitcoin
R$ 356,268,88 -1,89%
Ibovespa
125,946,09 pts -1.14%
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade