Sexta, 12 de Julho de 2024
16°C 33°C
Plácido de Castro, AC
Publicidade

7 histórias bíblicas trágicas que quase ninguém conhece

A Bíblia é um livro que muitos buscam para obter conforto e orientação espiritual. No entanto, além das mensagens de esperança e amor, há muitas histórias trágicas e sombrias que raramente são mencionadas.

13/06/2024 às 15h51
Por: Informativo Plácido Fonte: Mega Curiososo
Compartilhe:
Foto: Reprodução/Mega Curioso
Foto: Reprodução/Mega Curioso

A Bíblia é um livro que muitos buscam para obter conforto e orientação espiritual. No entanto, além das mensagens de esperança e amor, há muitas histórias trágicas e sombrias que raramente são mencionadas. Conheça sete histórias bíblicas trágicas que merecem ser lembradas.

1. Miriã é punida com lepra

Miriã foi punida com lepra. (Fonte: Getty Images/Reprodução)Miriã foi punida com lepra. (Fonte: Getty Images / Reprodução)

Miriã, irmã de Moisés e profetisa respeitada, desempenhou um papel crucial na sobrevivência de Moisés durante sua infância. No entanto, sua crítica a Moisés anos depois, juntamente com seu irmão Aarão, provocou a ira divina. Em Números 12:1-15, Miriã foi castigada com lepra, uma doença altamente estigmatizada, e teve que permanecer isolada fora do acampamento israelita por uma semana.

2. A rebelião de Corá

Rebelião e castigo de Corá. (Fonte: Getty Images/Reprodução)Rebelião e castigo de Corá. (Fonte: Getty Images / Reprodução)

Corá, um dos líderes dos levitas, liderou uma rebelião contra Moisés, ressentindo-se da autoridade e liderança de Moisés e Aarão. Em Números 16, Corá e seus seguidores desafiaram a liderança de Moisés, o que resultou em uma demonstração dramática do poder divino. A terra abriu-se e engoliu Corá, seus seguidores e suas famílias, enquanto outros rebeldes foram consumidos pelo fogo divino.

3. A queda de Jericó

A queda de Jericó. (Fonte: Getty Images/Reprodução)A queda de Jericó. (Fonte: Getty Images / Reprodução)

A queda de Jericó é uma das histórias mais conhecidas da Bíblia, mas o massacre que se seguiu é frequentemente esquecido. Em Josué 6:20-21, após a queda dos muros de Jericó, os israelitas destruíram todos os seres vivos na cidade, incluindo homens, mulheres, crianças e animais. Esse ato de violência foi seguido pelo saque da cidade e sua queima completa, mostrando a brutalidade das conquistas israelitas.

4. O castigo de Acã

Acã e sua família são apedrejados. (Fonte: Getty Images/Reprodução)Acã e sua família são apedrejados. (Fonte: Getty Images / Reprodução)

Em Josué 7:1-26, Acã desobedeceu a Deus ao guardar para si parte do saque de Jericó, resultando na derrota dos israelitas na cidade de Ai. Após confessar seu pecado, Acã foi apedrejado até a morte, com sua família e seus bens. Esse castigo severo sublinha a importância da obediência e as graves consequências da desobediência na comunidade israelita.

5. A praga de Davi

Joabe traz ao rei Davi o resultado do censo. (Fonte: Getty Images/Reprodução)Joabe traz ao rei Davi o resultado do censo. (Fonte: Getty Images / Reprodução)

Em 1 Crônicas 21:1-14, Davi ordenou um censo que irritou profundamente Deus, resultando em uma praga devastadora: 70 mil israelitas morreram em três dias. A escolha de Davi entre três punições distintas – fome, derrota militar ou praga – resultou em um sofrimento enorme para seu povo, destacando a responsabilidade pesada dos líderes diante de Deus.

6. A morte de Jezabel

Jezabel morreu de forma violenta. (Fonte: Getty Images/Reprodução)Jezabel morreu de forma violenta. (Fonte: Getty Images / Reprodução)

Em 2 Reis 9:30-37, Jezabel, rainha de Israel, foi jogada de uma janela, pisoteada e devorada por cães, cumprindo uma profecia divina. Sua morte violenta e degradante foi uma punição pela idolatria e perseguição aos profetas de Deus. A trágica história de Jezabel simboliza o fim brutal de uma figura que desafiou as ordens divinas.

7. O martírio de Estêvão

Apedrejamento de Estêvão, o primeiro mártir cristão. (Fonte: Via Crucis/Reprodução)Apedrejamento de Estêvão, o primeiro mártir cristão. (Fonte: Via Crucis / Reprodução)

Estêvão, o primeiro mártir cristão, foi apedrejado até a morte por pregar a nova fé. Em Atos 7:54-60, sua execução marcou o início das perseguições contra os cristãos. O envolvimento de Saulo (mais tarde Paulo) na morte de Estêvão ressalta a gravidade das perseguições iniciais e a transformação radical de um dos principais líderes do Cristianismo.

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Mega Curiosidades
Sobre o blog/coluna
Aqui você pode encontrar de tudo, desde curiosidades até fotos históricas.
Ver notícias
Plácido de Castro, AC
22°
Tempo limpo

Mín. 16° Máx. 33°

22° Sensação
1.98km/h Vento
59% Umidade
0% (0mm) Chance de chuva
07h47 Nascer do sol
07h21 Pôr do sol
Sáb 31° 21°
Dom 30° 18°
Seg 32° 16°
Ter 32° 18°
Qua 34° 18°
Atualizado às 19h04
Publicidade
Publicidade
Economia
Dólar
R$ 5,43 +0,00%
Euro
R$ 5,93 +0,00%
Peso Argentino
R$ 0,01 +0,05%
Bitcoin
R$ 333,027,85 +0,47%
Ibovespa
128,896,98 pts 0.47%
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade