Quarta, 17 de Agosto de 2022
34°

Poucas nuvens

Plácido de Castro - AC

Agronegócios Acre

Governo implanta viveiro de mudas de espécies florestais e frutíferas em Jordão

No clima da Semana do Meio Ambiente foi inaugurado nesta sexta-feira, 10, o viveiro de mudas de espécies florestais e frutíferas de Jordão, fruto d...

11/06/2022 às 15h55
Por: Agência Plácido Fonte: Secom Acre
Compartilhe:
Foto: Reprodução/Secom Acre
Foto: Reprodução/Secom Acre

No clima da Semana do Meio Ambiente foi inaugurado nesta sexta-feira, 10, o viveiro de mudas de espécies florestais e frutíferas de Jordão, fruto da parceria entre o governo do Estado, através a Fundação de Tecnologia do Acre (Funtac), e a prefeitura do município, com o objetivo de incentivar o reflorestamento, incrementar a economia e a cultura alimentar das comunidades.

Comunidades de Jordão prestigia inauguração do viveiro de mudas, na manhã deste sábado, 10 de junho. Foto: cedida
Comunidades de Jordão prestigia inauguração do viveiro de mudas, na manhã deste sábado, 10 de junho. Foto: cedida

A implantação do viveiro faz parte do Planejamento Plurianual (PPA), que tem a meta de construir dois viveiros florestais. O primeiro foi construído em Tarauacá e já se encontra em plena operação e o outro  foi inaugurado no Jordão neste fim de semana. Nele já foram produzidas cinco mil mudas na Funtac e entregues nas comunidades, e a previsão nesse novo viveiro é a produção de mais de 100 mil mudas.

As mudas arbóreas correspondem as espécies de cerejeira, castanheira, seringueira, mogno, cedro e outras espécies nobres. As mudas frutíferas correspondem as espécies de maior aceitação pelas comunidades, como açaí, buriti, graviola, cajarana, cupuaçu, acerola, caju, maracujá e outras.

“A inauguração do viveiro de mudas em nosso município é uma alegria, agradecemos a parceria com o governo, temos esperanças de bons êxitos nos projetos de reflorestamento, na ornamentação de nossa cidade e no que representa melhorias na saúde com o consumo de espécies frutíferas que venham a ser cultivadas”, agradeceu o prefeito Naudo Ribeiro.

Segundo a diretora-presidente da Funtac, Missara Martins, o projeto vai de encontro a necessidade de se fazer o reflorestamento de áreas degradadas, implementando junto com as árvores nativas algumas espécies novas e também construir um sistema florestal integrado, onde as árvores frutíferas e as leguminosas garantam renda para a população ribeirinha e para os colonos dos municípios implantados .

“Conforme o previsto no nosso PPA, são duas áreas, dois núcleos, dois viveiros de mudas florestais, através da parceria governo do Acre, Funtac, prefeitura de Jordão e Programa REM”, enfatizou.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.