Quarta, 17 de Agosto de 2022
34°

Poucas nuvens

Plácido de Castro - AC

Polícia Segurança

Delegacia Itinerante na Expoacre registrou 13 ocorrências em cinco noites de feira

Delegacia conta com policiais, escrivães, delegados e uma sala de acolhimento à mulher, criança e adolescente. Maioria dos registros envolve furto de celulares.

05/08/2022 às 13h15 Atualizada em 05/08/2022 às 13h27
Por: Agência Plácido Fonte: G1/Ac
Compartilhe:
Delegacia na Expoacre atende até às 3h — Foto: Arquivo/Polícia Civil
Delegacia na Expoacre atende até às 3h — Foto: Arquivo/Polícia Civil

Para atender as ocorrências registradas dentro e nos arredores do Parque de Exposições Wildy Viana, onde ocorre a Expoacre 2022, a Polícia Civil montou uma Delegacia Itinerante com equipes para fazer flagrantes, boletins de ocorrências, ouvir vítimas e suspeitos de crimes. Em cinco noites de feira, a polícia contabiliza 13 ocorrências atendidas.

O local conta ainda com uma sala de acolhimento montada, especialmente, para atender mulheres, idosos, crianças e adolescentes que sofrerem algum tipo de violência. O atendimento na Delegacia Itinerante Expoacre é feito das 18h às 3h.

Um levantamento da Polícia Civil mostra as ocorrências por noite:

  • sábado (30) - quatro ocorrências;
  • Domingo (31) - sem registro;
  • Segunda (1º) - quatro ocorrências;
  • Terça (2) - duas ocorrências;
  • Quarta (3) - três ocorrências.

Segundo a Polícia Civil, a maioria dos registros é de furto de celulares e outros pertences dos frequentadores. Houve ainda duas conduções durante essas noites de feira, sendo uma perturbação do sossego.

Um menor também foi levado até a delegacia porque estava conduzindo um cavalo e acabou machucando uma criança.

"A maioria [das ocorrências] é furto de celulares. Tivemos ainda dois desacatos, uma ocorrência maior com adolescentes e roubo de celulares, mas sem armas. Graças a Deus, está muito tranquilo na Expoacre, a estrutura de segurança que foi montada é excelente, tem muitos policiais, o aparato de policiais está muito grande", destacou o diretor operacional da Polícia Civil, delegado Pedro Paulo Buzolin.

Policiais militares, civis e penais compõem as equipes do esquema de segurança no parque. Conforme Buzolin, os plantões na delegacia contam com, pelo menos, 13 agentes de segurança na delegacia, entre delegado, escrivão e agentes de polícia. As equipes contam também com o monitoramento do parque em tempo real.

"Temos monitoramento em tempo real lá e isso contribui para um evento bem seguro e tranquilo. Temos uma sala de acolhimento para as mulheres e uma estrutura normal de uma delegacia, com celas, sala do delegado. Tivemos uma prisão, a pessoa fica lá até o envio para a Delegacia de Flagrantes", concluiu Buzolin.

Segurança

Entre as novidades apresentadas está a proibição da participação e permanência de presos monitorados com tornozeleiras eletrônicas na cavalgada e também no Parque de Exposições, exceto se estiverem trabalhando.

Cerca de 226 agentes ajudam na segurança dentro e fora do parque, conforme divulgou a Secretaria de Justiça e Segurança Pública do Acre (Sejusp) anteriormente. Há ainda o policiamento ordinário que é feito diariamente.

A Expoacre começou no sábado e termina neste domingo (7) com exposição de produtos, shows de cantores nacionais e locais. Além de rodeio, prova de vaquejada, prova de motocross e prova de laço em dupla, provas de tambor, entre outras atrações.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.