Quarta, 07 de Dezembro de 2022
23°

Pancada de chuva

Plácido de Castro - AC

Educação Educação

Novembro Azul e a importância da saúde preventiva

A campanha surgiu originalmente na Austrália em 2003 e chegou ao Brasil em 2008

24/11/2022 às 10h31
Por: Redação Fonte: Com informações da assessoria
Compartilhe:
Em 2022 o Novembro Azul passa a ser ainda mais importante, visto que o contato da população masculina com as UBS, que já era pequeno, parece ter diminuído ainda mais depois da pandemia de COVID-19. Foto: divulgação
Em 2022 o Novembro Azul passa a ser ainda mais importante, visto que o contato da população masculina com as UBS, que já era pequeno, parece ter diminuído ainda mais depois da pandemia de COVID-19. Foto: divulgação

 

 Novembro chegou e, com ele, o início de mais uma campanha de prevenção ao câncer de próstata – o famoso Novembro Azul. A campanha surgiu originalmente na Austrália em 2003 e chegou ao Brasil em 2008. Desde então, tem sido uma poderosa aliada no cuidado com a saúde masculina.

 

Mais do que somente um estímulo ao diagnóstico precoce do câncer de próstata – um dos que mais mata homens no Brasil, ficando atrás apenas do câncer de pele –, o objetivo da campanha é também estimular a população masculina a cuidar da própria saúde como um todo. Atrair esse público para dentro das Unidade Básica de Saúde (UBS) e Unidade de Pronto Atendimento (UPAs) é um dos grandes desafios encontrados pelos profissionais da área.

 

Mulheres tendem a ir mais aos postos de saúde, seja por si mesmas ou para levar os filhos. Com os homens é mais difícil esse primeiro contato. Além do tabu sobre o exame do câncer de próstata, há uma certa resistência em pensar na própria saúde de forma geral. Homens costumam buscar atendimento somente quando estão com muita dor.

 

A importância do contato com a unidade de saúde é a possibilidade de iniciar um percurso de medicina preventiva. Uma vez lá, é possível realizar um checkup mais completo, com procedimentos como verificação da pressão arterial, hemograma, dosagem do colesterol, atualização da carteira vacinal e testes de urina. Apesar de simples, esses exames permitem identificar eventuais problemas antes que se tornem graves ou irrecuperáveis, garantindo mais qualidade de vida a essa parcela da população.

 

Entre 45 e 50% das vezes, acabamos encontrando alguma coisa que o paciente desconhecia durante o checkup. Muitas vezes descobrimos que eles são cardíacos, hipertensos ou diabéticos, por exemplo. O diagnóstico dessas condições permite dar as ferramentas para que essas pessoas vivam melhor e mais saudáveis, prevenindo também a evolução desses problemas para estágios mais avançados.

 

Um bom exemplo da importância da medicina preventiva é o próprio câncer de próstata, que evolui de forma silenciosa e pode não apresentar sintomas em sua fase inicial. Quando detectada de maneira precoce, as chances de cura são de até 90%, contra apenas 30% nos casos em que a descoberta vem tarde. Vale lembrar que, se detectado, o câncer de próstata pode ser tratado de forma integral e gratuita pelo Sistema Único de Saúde (SUS).

 

Hábitos saudáveis, como manter uma boa alimentação, fazer exercícios físicos com regularidade, dormir bem e cuidar do peso podem ajudar a prevenir o desenvolvimento do câncer e de outras doenças, mas não substituem a necessidade e a eficácia dos exames de rotina. Nesse sentido, em 2022 o Novembro Azul passa a ser ainda mais importante, visto que o contato da população masculina com as UBS, que já era pequeno, parece ter diminuído ainda mais depois da pandemia de COVID-19.

 

Esse ano, vamos tentar facilitar o contato dos homens com a unidade de saúde da forma mais conveniente para eles”, conta. “A ideia é trazer a unidade para a calçada, estando à disposição da população ali mesmo para coisas básicas, como medir a pressão, de forma a viabilizar e tirar o estigma desse primeiro contato – um ponto que é, sem dúvidas, fundamental.

 

Aldemario Alves de Souza, enfermeiro e professor de enfermagem da Estácio.

Com informações da assessoria

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.