Sexta, 12 de Julho de 2024
16°C 33°C
Plácido de Castro, AC
Publicidade

VÍDEO: Mãe flagra exato momento em que filha é violentada pelo marido

m outros vídeos divulgados pela população local, o suspeito aparece sendo linchado por vizinhos após ser pego em flagrante

06/05/2024 às 06h01
Por: Informativo Plácido Fonte: Em Off
Compartilhe:
Reprodução: Redes Sociais
Reprodução: Redes Sociais

Na última sexta-feira (3), um vídeo começou a circular entre grupos nas redes sociais onde um homem não identificado abusa de uma criança, também não identificada no estado de São Paulo. O vídeo em questão foi feito pela mãe da vítima, que pega o suspeito em flagrante enquanto abusa da criança em um quarto da casa. Seminu e com o pênis ereto, o homem entra em desespero, enquanto a menina parece não entender o que estava acontecendo.

A mulher, também não identificada, pede para que sua filha levante-se da cama e coloque a roupa, visivelmente abalada, a menina assustada pede desculpas sequencialmente. O homem chega a ameaçar a mãe da vítima de morte, caso ela continuasse registrando a situação com seu aparelho celular. O suspeito, por sua vez, age de maneira fria e calculada, passando perfume antes de tentar fugir do flagrante.

Em outros vídeos divulgados pela população local, mostra o suspeito sendo linchado por vizinhos após ser pego em flagrante. Em seguida, uma viatura da Polícia Militar do Estado de São Paulo chega ao local e o conduz para a delegacia. O EM OFF apurou informações e até o momento o que se sabe é que o homem seria o pai da vítima. O caso ocorreu no município de Carapicuíba, na Microrregião de Osasco SP.

Abuso de vulnerável

O homem pode ser enquadrado na Lei 12.015/2009, que configura abuso contra vulnerável. Ou seja, um maior de 18 anos, que tem como prática a conjunção carnal ou outro ato libidinoso com menor de 14 anos sob pena de reclusão de 8 a 15 anos, sem direito a fiança.

Casos de violência infantil em crescente

Os casos de abuso sexual infantil notificados no ano passado às autoridades policiais chegaram a 74.930, o que representa 36,9 em cada grupo de 100 mil habitantes. O número é 8,2% maior do que o registrado em 2021, de acordo com os dados divulgados no Anuário Brasileiro de Segurança Pública 2023, do Fórum Brasileiro de Segurança Pública. Os casos de violência somaram 18.110 vítimas em 2022, crescimento de 7% em relação ao ano anterior, e os de abuso de vulnerável, 56.820 vítimas, 8,6% a mais do que no ano anterior.

Ainda seguindo os dados, 24,2% das vítimas eram homens e mulheres com mais de 14 anos, e 75,8% não eram capazes de consentir, fosse pela idade (menores de 14 anos), ou por qualquer outro motivo (deficiência, enfermidade etc.). Apenas 8,5% dos abusos no Brasil são reportados às polícias e 4,2% pelos sistemas de informação da saúde. Assim, conforme a estimativa, o patamar de casos de violência sexual no Brasil é de 822 mil casos anuais.

 

 

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Plácido de Castro, AC
22°
Tempo limpo

Mín. 16° Máx. 33°

22° Sensação
1.98km/h Vento
59% Umidade
0% (0mm) Chance de chuva
07h47 Nascer do sol
07h21 Pôr do sol
Sáb 31° 21°
Dom 30° 18°
Seg 32° 16°
Ter 32° 18°
Qua 34° 18°
Atualizado às 19h04
Publicidade
Publicidade
Economia
Dólar
R$ 5,43 +0,00%
Euro
R$ 5,93 +0,00%
Peso Argentino
R$ 0,01 +0,05%
Bitcoin
R$ 332,954,76 +0,44%
Ibovespa
128,896,98 pts 0.47%
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade