Quinta, 20 de Junho de 2024
22°C 35°C
Plácido de Castro, AC
Publicidade

Vacina única contra gripe e Covid-19 tem resultados promissores em estudo

Segundo a farmacêutica Moderna, fabricante da vacina, o imunizante mostrou uma resposta imunológica maior em comparação com quem recebeu vacinas separadas

10/06/2024 às 10h19
Por: Informativo Plácido Fonte: CNN Brasil
Compartilhe:
Vacina combinada de gripe e Covid-19, desenvolvida pela farmacêutica Moderna, mostrou resultados melhorados na resposta imunológica contra as doenças | Thanasis/GettyImages
Vacina combinada de gripe e Covid-19, desenvolvida pela farmacêutica Moderna, mostrou resultados melhorados na resposta imunológica contra as doenças | Thanasis/GettyImages

Pode haver uma vacina combinada para Covid-19 e gripe no nosso futuro, embora ela não esteja pronta para a temporada de gripe deste ano. Na segunda-feira (10), a fabricante de vacinas Moderna anunciou resultados positivos de testes em estágio avançado para sua vacina combinada contra Covid e gripe, chamada mRNA-1083.

Chamando o resultado do teste em estágio avançado de “resultados inovadores”, Francesca Ceddia, diretora médica da Moderna, disse à CNN que as pessoas no teste que receberam a mRNA-1083 mostraram uma resposta imunológica melhorada em comparação com aquelas que receberam as vacinas de gripe e Covid separadas que estão disponíveis agora.

Os resultados foram verdadeiros mesmo para as pessoas no teste que tinham 65 anos ou mais. Geralmente, pessoas mais velhas não apresentam uma resposta tão robusta às vacinas quanto as pessoas mais jovens.

“Quando pensamos na vacina combinada, geralmente pensamos apenas no elemento de conveniência, uma injeção em vez de duas, mas o que é realmente, realmente inovador é o fato de que você não apenas oferece essa vantagem, mas também oferece a prova do benefício clínico. Acho que essa é a mensagem mais importante,” diz Ceddia.

Outras empresas têm testado uma vacina combinada contra Covid e gripe, mas a Moderna é a primeira a anunciar resultados positivos de testes em estágio avançado.

Líderes de saúde pública dizem que o mundo poderia usar mais maneiras de proteger as pessoas de ambos os vírus. Milhões de pessoas ficam doentes com a gripe e agora com a Covid todos os anos. Para a última temporada de gripe, os Centros de Controle e Prevenção de Doenças dos EUA estimam que de 35 a 64 milhões de pessoas adoeceram com a gripe nos Estados Unidos. Entre 390.000 e 810.000 pessoas ficaram tão doentes que foram hospitalizadas e até 71.000 pessoas morreram.

Apenas no outono e inverno passados, a Covid levou mais de meio milhão de pessoas nos EUA ao hospital e matou 40.000, de acordo com dados apresentados na semana passada aos conselheiros independentes de vacinas da Food and Drug Administration (FDA) dos EUA, que estavam discutindo como atualizar as vacinas contra Covid para o outono.

O ensaio da fase 3 da Moderna foi um estudo randomizado, cego para o observador, com controle ativo, o que significa que mesmo os médicos que administravam as injeções não sabiam quem recebeu quais vacinas. O ensaio estudou a vacina em dois diferentes grupos etários com cerca de 4.000 adultos em cada categoria de idade.

Para uma parte do estudo, a Moderna comparou a reação imunológica de adultos com 65 anos ou mais que receberam a mRNA-1083 com outro grupo da mesma faixa etária que recebeu a vacina contra Covid-19, Spikevax da Moderna, e uma vacina contra a gripe reforçada, Fluzone HD. Os médicos recomendam que idosos recebam vacinas contra a gripe mais potentes devido ao sistema imunológico enfraquecido.

Na outra parte do ensaio, os pesquisadores compararam como adultos um pouco mais jovens, de 50 a 64 anos, se saíram ao receber a vacina mRNA-1083 com outro grupo dentro da mesma faixa etária que recebeu a Spikevax e uma vacina contra a gripe de dose padrão chamada Fluarix.

Os resultados do estudo mostraram que, em ambos os grupos etários, a vacina combinada experimental provocou uma resposta imunológica significativamente maior contra três cepas da gripe e contra a Covid-19, em comparação com as vacinas administradas separadamente.

“Os títulos são significativamente maiores”, afirma Ceddia. “Isso é realmente melhor”. Um título é um teste de laboratório que mede a quantidade de anticorpos no sangue e pode ser usado para verificar o quão imune alguém está à doença.

Em termos de segurança, a vacina combinada foi bem tolerada, segundo a Moderna, e as reações adversas foram semelhantes às que as pessoas experimentaram com as vacinas administradas separadamente. As queixas mais comuns foram dor no local da injeção, cansaço, dor muscular e dor de cabeça.

O estudo ainda não foi revisado por pares, mas a Moderna disse que planeja apresentar os dados deste ensaio em estágio avançado em uma próxima conferência médica e também submeterá o estudo para publicação. A Moderna também afirmou que discutirá com a FDA sobre os possíveis próximos passos.

“Precisamos nos envolver com os reguladores, mas nossa aspiração é ter a vacina aprovada para o outono de 2025,” afirma Stéphane Bancel, CEO da Moderna, à CNN.

Sue Peschin, presidente e CEO da Alliance for Aging Research, uma organização sem fins lucrativos dedicada a melhorar o envelhecimento e a saúde que incentiva o acesso mais equitativo às vacinas, diz que uma vacina combinada pode ser uma ajuda significativa para a saúde pública.

Além de intensificar a hesitação em relação às vacinas nos EUA, as pessoas desenvolveram uma espécie de fadiga vacinal após a pandemia, afirma Peschin. Ele apontou a queda na adesão a vacinas padrão, como a vacina MMR, bem como nas vacinas sazonais.

Poucas pessoas tomaram a vacina mais recente contra a Covid, mostram estudos. Apenas cerca de 25% da população elegível recebeu a vacina mais recente contra a Covid-19, de acordo com uma apresentação à FDA na semana passada. Muitos mais adultos tomaram a vacina contra a gripe, com quase metade da população adulta recebendo uma na última temporada, segundo o CDC, um número ligeiramente maior do que o do ano anterior.

“Queremos ver esse número aumentar e, se houver uma maneira de fazer isso combinando as vacinas, então isso é melhor para todos, porque ajuda a proteger todos na comunidade,” diz Peschin. “Adoraríamos ver as vacinas combinadas chegarem ao mercado se a FDA as considerar seguras e eficazes.”

 

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Plácido de Castro, AC
22°
Tempo nublado

Mín. 22° Máx. 35°

23° Sensação
0.6km/h Vento
89% Umidade
0% (0mm) Chance de chuva
07h44 Nascer do sol
07h15 Pôr do sol
Sex 36° 22°
Sáb 37° 24°
Dom 37° 22°
Seg 37° 26°
Ter 36° 25°
Atualizado às 03h05
Publicidade
Publicidade
Economia
Dólar
R$ 5,45 +0,00%
Euro
R$ 5,86 0,00%
Peso Argentino
R$ 0,01 +0,36%
Bitcoin
R$ 379,803,84 +1,07%
Ibovespa
120,261,34 pts 0.53%
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade