Quarta, 18 de Maio de 2022
16°

Muitas nuvens

Plácido de Castro - AC

Política Vacinas salvas vidas

Ministro da Saúde pede à população do AC e estados do Norte que completem esquema vacinal contra Covid-19

“Não precisamos de tanto tensionamento”, diz gestor da Saúde em caravana em Manaus, no Amazonas, onde acompanha campanha de imunização

23/01/2022 às 15h34
Por: Agência Plácido Fonte: Contilnet
Compartilhe:
Ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, em evento em Manaus (AM). Foto: Reprodução/Ministério da Saúde.
Ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, em evento em Manaus (AM). Foto: Reprodução/Ministério da Saúde.

 Em evento de incentivo à vacinação contra a Covid-19 em Manaus (AM) e em mais sete capitais da região Norte, o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, fez um apelo para que acreanos e demais nortistas tomem as vacinas e completem o esquema vacinal.

O pedido de Queiroga é embasado no fato de o Norte ser a região onde as pessoas menos tomaram as duas doses. No Acre, 61,61% da população já tem a primeira dose, o equivalente a 566.240 vacinados. Com a segunda, o percentual corresponde a 47,09%, o que coloca o estado em terceiro lugar entre os menos vacinados, atrás apenas do Amapá (38,73%) e de Roraima (38,64%).

“Preciso pedir a cada um que levem quem vocês conhecem para tomar a segunda dose e a dose de reforço. Só assim vamos ser efetivos para evitar mortes graves por essa doença. Incluímos grupos especiais, como as crianças”, disse.

O gestor da Saúde falou ainda que o objetivo do Ministério da Saúde é de fazer com que as pessoas entendam a necessidade de serem imunizadas contra a Covid e de que procurem as unidades de saúde.

“Não queremos obrigar as pessoas a tomarem as vacinas, queremos convencer as pessoas a buscarem as vacinas, esse é o melhor caminho para que consigamos vencer nosso único inimigo; o vírus. Não precisamos de tanto tensionamento, de discutir questões pequenas e laterais”, frisou.

Os estados do Norte que mais vacinaram com as duas doses contra a Covid-19 foram o Pará (61,61%), Rondônia (58,84%) e Amazonas (54,4%).

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.