Quarta, 18 de Maio de 2022
16°

Muitas nuvens

Plácido de Castro - AC

Justiça Ministro do STF

Barroso diz que vê ‘erosão’ da democracia no mundo e fala em restabelecê-la

A declaração foi proferida durante o Congresso Brasileiro de Magistrados, realizado em Salvador.

13/05/2022 às 14h34
Por: Agência Plácido Fonte: Terra Brasil Notícias
Compartilhe:
Reprodução
Reprodução

O ministro Luís Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal (STF), disse nesta sexta-feira, 13, que a democracia no mundo passa por “um processo de erosão”. Em virtude disso, é preciso “restabelecê-la”. A declaração foi proferida durante o Congresso Brasileiro de Magistrados, realizado em Salvador. “No século 20, a democracia derrotou todas as alternativas que se apresentaram: o comunismo, o fascismo, o nazismo e ditaduras militares e fundamentalistas”, disse o magistrado. “Recentemente, alguma coisa não parece estar bem. É um período de recessão democrática, legalismo autocrático, e outros nomes para esse momento de erosão da democracia.”

Sem listar o Brasil, o juiz do STF citou Hungria, Polônia, Turquia, Rússia, Filipinas, Venezuela, Nicarágua e El Salvador como governos autoritários, além de “turbulências” recentes nos Estados Unidos e Reino Unido. O ministro defendeu uma “autocrítica de democratas” para o restabelecimento da democracia no mundo, sem mencionar como se concretizaria essa sugestão.

Conforme Barroso, a “ascensão de um processo autoritário e populista” se dá por insuficiências da própria democracia. Durante a palestra, o magistrado não fez menções ao Brasil e disse querer “evitar polêmicas” em sua falas.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.