Sábado, 01 de Outubro de 2022
24°

Poucas nuvens

Plácido de Castro - AC

Geral Eleições 2022 no Ac

Menos de 20% dos eleitores do Acre usam o e-Título; veja como baixar e configurar

Download deve ser feito até dia 1 para que ele possa ser configurado. No Acre, mais de 112 mil eleitores já baixaram o aplicativo.

22/09/2022 às 13h59
Por: Agência Plácido Fonte: G1/Ac
Compartilhe:
Prazo para baixar e configurar o e-Título termina no dia 1 de outubro; veja como fazer — Foto: Tácita Muniz/g1
Prazo para baixar e configurar o e-Título termina no dia 1 de outubro; veja como fazer — Foto: Tácita Muniz/g1

Dentro de exatos 10 dias, no dia 2 de outubro, mais de 588 mil eleitores devem ir às urnas no primeiro turno das eleições 2022, no Acre. Além do documento físico, os acreanos podem usar a versão virtual do título de eleitor, o e-título.

O horário de votação este ano mudou, sendo que começa às 6h e segue até às 15h.

O aplicativo, que substitui o documento de papel, também mostra os locais de votação, permite justificar a ausência, caso o eleitor não consiga comparecer, emitir a guia para pagamento de multas e certidões de quitação eleitoral e de crimes eleitorais. No entanto, ele o prazo para ele ser instalado e configurado só vai até o sábado (1).

Para evitar “filas virtuais”, a Justiça Eleitoral recomenda que o e-Título seja baixado pelos eleitores o mais rápido possível.

No Acre, mais de 112 mil eleitores já possuem o aplicativo. Esse número corresponde a menos de 20% do total de 588.433 eleitores aptos a votar nas eleições deste ano. Conforme o Tribunal Regional Eleitoral do Acre (TRE-AC), não há fila virtual até esta quinta-feira (22).

Em todo o Brasil, 28,7 milhões de eleitores já baixaram o aplicativo. O título de eleitor impresso continua existindo com a mesma validade na versão original. Outro benefício de baixar o e-Título é que os dados eleitorais do cidadão estarão sempre seguros e disponíveis, diminuindo os riscos de extravios e danos ao título de eleitor.

Como baixar o e-Título?

Para acessar o e-Título, o eleitor precisa estar com o registro regularizado junto à Justiça Eleitoral. O prazo para quitar as pendências com o TSE terminou em 4 de maio.

O documento virtual tem as informações pessoais do eleitor, o número do título, o número da zona eleitoral e a seção onde ele deve se apresentar. Um geolocalizador ainda pode ajudar a chegar no local de votação, e um QR Code de validação permite checar as informações com as da Justiça Eleitoral.

A ferramenta está disponível nas lojas virtuais dos sistemas Android e iOS. Na hora de baixar, é preciso informar os seguintes dados:

  • Nome completo
  • Data de nascimento
  • Número de inscrição do título de eleitor
  • Nome da mãe
  • Nome do pai

Com as informações, o sistema da Justiça Eleitoral valida o acesso do eleitor. A partir disso, o aplicativo está pronto para ser usado.

Segunda via do título de eleitor

O prazo final para solicitar a segunda via do título de eleitor termina nesta quinta-feira (22) nos cartórios eleitorais de todo o Brasil. Para fazer o documento, a pessoa precisa estar em situação regular junto à Justiça Eleitoral, sem multas pendentes, seja por ausência às urnas ou aos trabalhos como mesário, ou por violação de dispositivos do Código Eleitoral.

No entanto, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) afirma que, quem cumprir esses requisitos também pode imprimir o título diretamente na ferramenta autoatendimento ao eleitor, no site, no campo "Imprimir o título eleitoral". A impressão pode ser feita a qualquer momento.

O TSE explica que também é possível votar apresentando qualquer documento oficial com foto, ou por meio do aplicativo e-Título. São aceitos:

  • Carteira de identidade
  • Carteira de motorista com foto
  • Certificado de reservista
  • Carteira de trabalho
  • Passaporte
  • Identidade funcional emitida por órgão de classe

 

 

 

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.