Sábado, 01 de Outubro de 2022
23°

Poucas nuvens

Plácido de Castro - AC

Economia Combustíveis

Preços baixos da gasolina e redução do diesel terão impacto positivo no preço dos alimentos

A Petrobras está trabalhando continuamente com o governo federal para reduzir o impacto dos combustíveis no bolso dos brasileiros.

22/09/2022 às 14h04
Por: Agência Plácido Fonte: Edital Concursos Brasil
Compartilhe:
Foto Reprodução | Edital Concursos Brasil
Foto Reprodução | Edital Concursos Brasil

Avançando na redução dos preços no Brasil, a Petrobras anunciou a redução em 30 centavos do preço do óleo diesel repassado às distribuidoras de combustíveis. O novo preço do litro de diesel nas refinarias da Petrobras passou de R$ 5,19 para R$ 4,89 uma queda de 30 centavos. 

No mês passado a Petrobras já tinha reduzido o diesel em 22 centavos o preço do combustível. De acordo com a companhia, essas reduções foram possíveis devido à desvalorização do preço do barril do petróleo no mercado internacional. 

Além disso, a empresa está trabalhando continuamente com o governo federal para reduzir o impacto dos combustíveis no bolso dos brasileiros. Em relação à gasolina, a Petrobras não anunciou nenhuma alteração.

Por que os preços dos combustíveis estão caindo no Brasil?

Os preços nos postos de combustíveis caíram por várias razões. A primeira delas é a política de redução de impostos implantada pelo governo federal e seguida em parceria com os governos estaduais. 

A segunda razão pela queda dos preços altos é que eles reduzem a demanda, o que reduz os preços. Com o combustível elevado, consumidores podem decidir não fazer uma viagem de carro ou pegar carona com amigos em vez de dirigir sozinho. Outro fator importante, citado anteriormente, é que alguns estados também reduziram seus impostos sobre os combustíveis, o que reduz os preços.

O petróleo bruto internacional é o maior fator que influencia os preços dos combustíveis, respondendo por mais de 50% do que pagamos na bomba. O petróleo é vulnerável a qualquer percepção de suavidade nas condições econômicas globais, uma vez que desacelerações normalmente levam a uma menor demanda por petróleo e derivados.

 

A rápida queda tem sido um dos principais impulsionadores da redução da inflação, uma vez que os preços dos combustíveis são uma força motriz em muitas categorias, principalmente na alimentação da população brasileira. Os alimentos custam mais barato para o transporte por causa dos preços baixos do diesel, gasolina e etanol. Esse é um impacto sentido diretamente no bolso de todos que moram no país. 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.