Quarta, 17 de Agosto de 2022
35°

Poucas nuvens

Plácido de Castro - AC

Plácido de Castro Avanço da Pandemia

Duas escolas estaduais em Plácido de Castro suspendem aulas presenciais por dez dias após casos de Covid

Estudantes continuam em sistema remoto, de acordo com orientações da Secretaria Estadual de Educação - SEE.

05/07/2022 às 17h24
Por: Agência Plácido
Compartilhe:
Reprodução: Google Imagens
Reprodução: Google Imagens

Duas escolas estaduais, em Plácido de Castro, suspenderam as aulas presenciais e retomou o ensino remoto após um surto de Covid-19 entre alunos e funcionários. Na escola José Francisco da Silva (José Machado), ao menos seis professores testaram positivo para a doença e foram afastados. Alguns alunos, após apresentarem sintomas da doença, também fizeram exames e tiveram resultado positivo. 

A escola Franklin Roosevelt está com as atividades online desde a última segunda-feira, 4, após registrar casos de Covid. A direção informou que as aulas devem continuar sendo aplicadas remotamente até a próxima semana.

De acordo com o protocolo adotado pela SEE, as aulas presenciais deverão ser suspensas pelo prazo mínimo de 10 dias quando um ou mais casos são registrados no intervalo de uma semana. Após o retorno, previsto para a semana que vem, o uso de máscaras permanece obrigatório em todos os espaços das instituições de ensino.

Escola João Ricardo de Freitas

Na Escola Estadual de Ensino Médio, João Ricardo de Freitas, segundo denúncias de alunos que pediram para não terem a identidade revelada, também está tendo vários casos de Covid-19, inclusive comprovados por exame e, mesmo assim, as aulas prosseguem. Um denunciante disse que os alunos contaminados continuam indo para a escola normalmente, mesmo correndo o risco de contaminação dos demais. "A direção da escola deveria tomar providências em relação a isso para que não haja outros casos de contaminação. Sendo que pode ser evitado com o afastamento dos alunos contaminados da escola ou até mesmo a suspensão das aulas." Reclamou o denunciante por meio de mensagem de texto enviada pelo WhatsApp à nossa redação.

A denúncia prossegue:

"O diretor do colégio informou a minha irmã que é normal os casos de COVID, que os alunos vão continuar indo para as aulas como se nada estivesse acontecendo. Na sala que a minha sobrinha estuda, tem mais de 4 alunos com COVID, inclusive ela testou positivo hoje. Tendo em vista que ela teve contato com outros alunos, todos se contaminaram e o diretor simplesmente disse que não é só lá que está tendo, sendo que é um local onde vários alunos estudam. Obviamente a maioria ou todos vão ser contaminados já que não está sendo feito nada pela parte da diretoria da escola." Encerra.

A reportagem procurou a direção da escola João Ricardo de Freitas para falar acerca dos casos de Covid na instituição de ensino, no entanto, até o fechamento da matéria, não obtivemos retorno. O espaço segue aberto para esclarecimentos.

Crescimento da pandemia no Estado do Acre

Nesta terça-feira, 5, a Secretaria Estadual de Saúde (Sesacre), registrou 530 novos casos de coronavírus, em 24 horas. O número de infectados é de 127.705 em todo o estado. 

Em Plácido de Castro, desde o início da pandemia em março de 2020, pelos menos 6.831 casos da doença foram confirmados e 25 placidianos perderam a vida para a doença.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.