Sexta, 21 de Junho de 2024
21°C 36°C
Plácido de Castro, AC
Publicidade

Moro cobra explicações do PT por ação pela volta de visita íntima a presos federais

Caso houvesse um parecer positivo, medida poderia beneficiar integrantes do PCC e outras facções sob custódia federal

24/03/2023 às 19h06
Por: Informativo Plácido Fonte: R7
Compartilhe:
Senador Sergio Moro na tribuna do plenário | MARCOS OLIVEIRA/AGÊNCIA SENADO
Senador Sergio Moro na tribuna do plenário | MARCOS OLIVEIRA/AGÊNCIA SENADO

O senador e ex-ministro da Justiça Sergio Moro (União-PR) iniciou uma ofensiva contra o PT nesta sexta-feira (24), ao pedir explicação do partido sobre a autoria de uma Arguição de Descumprimento de Preceito Fundamental (ADPF) que pede a volta de visitas íntimas em presídios federais. Caso houvesse um parecer positivo, a medida poderia beneficiar integrantes do PCC sob custódia federal.

"O PT deve uma explicação ao Brasil sobre sua participação como autor na ADPF 518 junto ao STF (Supremo Tribunal Federal), quando tentou derrubar a proibição feita pelo MJ (Ministério da Justiça) de visitas íntimas às lideranças do PCC e do CV em presídios federais", disse Moro, pelas redes sociais. 

Polícia Federal que tinha como alvo o ex-juiz e a família dele era uma "armação". "É visível que é mais uma armação, mas isso a gente vai esperar, não vou atacar ninguém sem ter provas", disse o petista ao ser questionado sobre o fato de estar ou não acompanhando os desdobramentos da operação.

ADPF foi extinta pelo Supremo pela perda do objeto da ação em razão de uma alteração na lei que dispõe sobre a transferência e inclusão de presos em estabelecimentos penais federais de segurança máxima e dá outras providências. "O desastre foi evitado somente porque o STF extinguiu a ação e protegeu a sociedade contra o crime", completou Moro. 

Até então, Moro não havia feito nenhuma relação entre o PT ou Lula e as facções criminosas por trás do planejamento do ataque contra ele. O senador chegou a ser elogiado por parlamentares por não "politizar" as investigações.

A associação entre o governo Lula e o PCC tem sido feita por parlamentares da oposição, que chegaram a relacionar o plano da facção criminosa de executar Moro e sua família, além de outras autoridades e servidores públicos, com a fala do presidente de querer vingança contra o ex-ministro da Justiça. Não há nenhuma evidência de relação entre os acontecimentos. 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Plácido de Castro, AC
22°
Tempo limpo

Mín. 21° Máx. 36°

22° Sensação
0.24km/h Vento
75% Umidade
48% (0.55mm) Chance de chuva
07h45 Nascer do sol
07h16 Pôr do sol
Sáb 37° 22°
Dom 36° 21°
Seg 38° 24°
Ter 36° 26°
Qua 35° 24°
Atualizado às 03h04
Publicidade
Publicidade
Economia
Dólar
R$ 5,45 -0,04%
Euro
R$ 5,84 -0,04%
Peso Argentino
R$ 0,01 +0,54%
Bitcoin
R$ 371,817,22 -1,18%
Ibovespa
120,445,91 pts 0.15%
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade