Segunda, 06 de Dezembro de 2021
25°

Pancada de chuva

Plácido de Castro - AC

Internacional Ataque

Mulher chama a polícia após 'ser mantida como refém' por gambá

Estudante tentava tirar as comprar de carro quando foi atacada e não conseguiu mais sair de casa por causa do animal

24/11/2021 às 14h06 Atualizada em 24/11/2021 às 14h28
Por: Agência Plácido Fonte: R7
Compartilhe:
Imagem meramente ilustrativa do meliante PIXABAY
Imagem meramente ilustrativa do meliante PIXABAY

Uma mulher da Nova Zelãndia precisou chamar a polícia após ter a propriedade invadida por um gambá. Na ligação para as autoridades, ela afirmou "estar sendo mantida como refém" pelo animal invasor.

A mulher — que não teve o nome identificado, mas é estudante da Universidade de Otago — contou que estava tirando as compras do carro quando sentiu algo subir na perna.

"Eu o tirei de cima de mim achando que era um gato, e então vi que era um gambá", afirmou ela ao site NZ Herald.

Até aí tudo bem, porque as coisas começaram a ficar estranhas justamente quando ela conseguiu fugir e entrar em casa.

Mas toda vez que ela tentava sair e terminar de pegar as compras, o animal reaparecia e avançava sobre ela, assustadoramente.

Sem saber como resolver a situação, ela ligou para a polícia, que ouviu o seguinte depoimento:  "Estou sendo mantida como refém por um gambá".

Um policial local atendeu a ocorrência e também se tornou alvo do gambá criminoso e estranhamente agressivo.

O animal subiu na perna do policial, mas acabou atordoado por causa da luz forte da lanterna dele, o que deu tempo para o agente da lei colocá-lo em uma caixa, em segurança.

O gambá acabou solto em uma área florestal longe da casa da vítima de sequestro e mesmo após o fim da ocorrência, a atitude dele continuou um pequeno mistério.

Segundo o sargento Craig Dinnissen, da delegacia que atendeu a ocorrência, o comportamento agressivo do gambá é considerado incomum.

A principal hipótese é que ele seja um animal de estimação abandonado ou foi separado recentemente da mãe, o que explica a aproximação considerada agressiva com humanos.

 

 

 

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.