Domingo, 23 de Janeiro de 2022
28°

Pancada de chuva

Plácido de Castro - AC

Geral Assista

Vídeo: pássaros causam explosão de turbina de avião no Paraná

Decolagem foi interrompida e os passageiros precisaram ser realocados em outros voos

15/01/2022 às 14h30
Por: Agência Plácido Fonte: RicMais
Compartilhe:
(Foto: Reprodução/ Redes Sociais)
(Foto: Reprodução/ Redes Sociais)

Os passageiros de um voo Curitiba – Brasília passaram por um grande susto nesta sexta-feira (14) no aeroporto Afonso Pena, em São José dos Pinhais, na região metropolitana da capital. Uma das turbinas de um avião da LATAM Airlines explodiu durante a decolagem, devido a pássaros que entraram no equipamento. A aeronave não chegou a decolar e todos os ocupantes precisaram retornar para o saguão.

A LATAM explicou, por meio de nota, que o voo LA3533 (Curitiba-Brasília), que tinha previsão de decolagem para às 5h55 desta sexta-feira (14), teve um problema em uma das turbinas. 

“A LATAM Airlines Brasil informa que a aeronave do voo LA3533 (Curitiba-Brasília), que tinha previsão de decolar às 5h55 desta sexta-feira (14), interrompeu seu procedimento de decolagem sobre a pista devido à colisão com pássaros. Este é um procedimento padrão de segurança na aviação e a LATAM reforça que segue as mais rigorosas normas, atendendo a regulamentação das autoridades brasileiras e internacionais”, informou a empresa.

O momento da explosão da turbina do avião foi registrado por um passageiro. Nas imagens, é possível ver as chamas que saem da aeronave e na sequência o veículo reduz a velocidade e interrompe o procedimento. A ação assustou os passageiros, assista:

Em nota, a Latam garantiu que todos os passageiros foram realocados em outros voos, ainda na sexta-feira (14) e todo o protocolo de segurança foi cumprido, sem vítimas.

“A LATAM Airlines Brasil informa que a aeronave do voo LA3533 (Curitiba-Brasília), que tinha previsão de decolar às 5h55 desta sexta-feira (14), interrompeu seu procedimento de decolagem sobre a pista devido à colisão com pássaros. Este é um procedimento padrão de segurança na aviação e a LATAM reforça que segue as mais rigorosas normas, atendendo a regulamentação das autoridades brasileiras e internacionais”, finalizou a nota.

 

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.