Quarta, 18 de Maio de 2022
16°

Muitas nuvens

Plácido de Castro - AC

Plácido de Castro Entrevista

Prefeito Camilo Silva: 'Teremos concurso efetivo para a área da Saúde em breve'.

A entrevista com o Prefeito de Plácido de Castro foi realizada na manhã desta terça-feira, 18.

18/01/2022 às 15h15 Atualizada em 20/01/2022 às 18h53
Por: Agência Plácido
Compartilhe:
Foto: Arquivo pessoal
Foto: Arquivo pessoal

Eleito em 2020 pelo PSD com 3.838 votos, 40,78% da preferência do eleitorado, o Prefeito Camilo Silva assumiu a cidade pela primeira vez em uma situação bem distinta a de gestões passadas. A pandemia, com certeza, foi e está sendo um desafio, visto que, além da perda de vidas humanas, consequentemente, agrava e provoca crises em outros setores.

Em entrevista exclusiva à Agência Plácido, Camilo, à frente do município há 383 dias, falou sobre a administração que vem exercendo em Plácido de Castro, que é a moradia de 20.147 pessoas, segundo o IBGE.

Durante a conversa, o prefeito destacou os principais desafios que enfrentou desde a transição de governo até os dias atuais em relação à zona urbana e rural, saúde, educação e sobre a situação financeira municipal que encontrou ao assumir a prefeitura. Além de destacar o que planeja para a cidade nos próximos 3 anos.

Agência Plácido: Quais foram os principais desafios encontrados pelo Senhor nesses primeiros 383 dias de governo?

Camilo Silva: Com relação ao ano de 2021, nós estabelecemos um plano de metas que graças a Deus, conseguimos cumprir muitas delas. Metas essas que foram constituídas em propostas de campanhas, como por exemplo quando colocamos fim a política de que a prefeitura não tinha condições de fazer ramais com recursos próprios. Quando fazia algum tipo de melhoria, limpeza ou raspagem, pedia combustível para o colono ou dinheiro para comprar peças danificadas. Então, nós colocamos fim nisso definitivamente.

"Fizemos ou recuperamos para mais de 600 quilômetros de ramais, entres esses, 323 foram empiçarrados com qualidade e excelência. Em parceria com o DERACRE, construímos em torno de 53 pontes na zona rural do município. Além disso, nesses ramais, construímos mais de 30 linhas de bueiros para escoamento das águas das chuvas. Cerca de 30% dos ramais já foram recuperados no primeiro ano de mandato. Esperamos que até o terceiro ano, possamos empiçarrar todos os ramais, sem distinção, para que a gente possa sair dessa situação de que quando chega o inverno, o produtor rural não se desloca, o aluno não chega até a escola, o leite não chega até o laticínio e as feiras são comprometidas porque os produtos oriundos da agricultura familiar não conseguem sair dos ramais." Reforça.

Na zona urbana de Plácido de Castro, o Chefe do Executivo Municipal conta que durante a sua administração, recuperou vários pontos da iluminação pública com recursos próprios, colocando para mais de 500 lâmpadas de led nas avenidas principais da cidade. Além disso, recuperou vários metros de calçadas públicas além de ter realizado várias operações tapa-buracos. "Quando assumimos a gestão, encontramos várias ruas esburacadas pela cidade e hoje, várias delas já foram ou estão sendo recuperadas. Melhoramos o aspecto urbano, reformamos escolas, compramos kits escolares para os alunos." Relata.

Na saúde, o gestor salienta que fez a contratação de novos médicos, melhorando assim o atendimento nas Unidades Básicas de Saúde do município e com isso, facilitando o acesso da população ao sistema público de saúde, diminuindo o tempo de espera por atendimentos médicos nos postos geridos pela administração municipal.

Economia com aluguel

Camilo diz que no seu primeiro ano de mandato conseguiu colocar a Secretaria Municipal de Educação de Plácido de Castro e o Centro de Referência em Assitência Social (CRAS) em prédio próprio, gerando com isso, economia no pagamento de aluguéis em prédios particulares. "Com emenda do Deputado Federal Flaviano Melo, hoje o CRAS tem prédio próprio," evidencia.

Rua Nelson de Souza Nery

Com uma administração eficiente e responsável, Camilo Silva segue dizendo que no final do ano passado conseguiu concluir a outra parte do asfalto da agora Avenida, Nelson de Souza Nery, executando partes de drenagem ao longo da via, segundo ele, um problema antigo existente na localidade.

"Fizemos muitas ações para realmente garantir que a nossa população possa de fato enxergar as mudanças pelo qual o nosso município passou e vem passando nos últimos tempos." Realça.

O prefeito segue dizendo que atendendo a uma indicação do Vereador Edilson Braga - DIM (MDB), com recursos próprios, construiu a Praça Pública Professora Balbina Firmino no Centro da cidade, em homenagem a já falecida educadora da área de Educação Física. "Mediante a necessidade que a nossa cidade tem, tudo que já foi feito parece muito pouco, porque ainda há muito para se fazer." Sublinha.

Agência Plácido: Em relação a pavimentação asfáltica urbana, quais são os próximos projetos da sua gestão?

Camilo Silva: Em convênio com o Governo do Estado, nós estamos concluindo 2 quilômetros de pavimentação asfáltica no Distrito de Campinas. Para Plácido de Castro, estamos licitando o recapeamento da Avenida Diamantino Augusto de Macedo e mais outras 3 ruas que serão reveladas posteriormente. Então, nós vamos receber em torno de 5 quilômetros de ruas pavimentadas com asfalto no ano de 2022.

Através de uma parceria com a Energisa estamos ampliando de 150 para 400 pontos de iluminação de led em Plácido de Castro para que a cidade fique realmente bem iluminada ao anoitecer. Esses trabalhos já iniciam na próxima quarta-feira, 20.

Além disso, vamos retomar os serviços de construção da UBS Maria de Fátima no Bairro da Globo e outro Posto de Saúde em Vila Campinas, através do resgate de recursos que já se encontravam perdidos. 

Estamos licitando a reforma e a modernização da Praça dos Seringueiros, para que tenhamos um ambiente urbano moderno, atraente e acolhedor. Então, várias obras irão acontecer neste novo ano para que possamos melhorar a infraestrutura do município.

Estamos com um projeto de compra de um terreno em frente ao Mirante Beira Rio, para que futuramente possamos contruir ali um segundo mercado municipal, para que tenhamos uma referência comercial para a nossa população.

Agência Plácido: Quais investimentos a prefeitura irá fazer para a área da educação neste ano?

Camilo Silva: Vamos construir a escola lá de Vila Campinas, a João Batista Lopes de Lima, melhorar o Plano de Valorização do Magistério, para que os nossos professores e trabalhadores em educação, possam ser reconhecidos pelo esforço, pela dedicação e assim, receber salários melhores. 

Também está em estudo a implantação do aperfeiçoamento no plano de cargos e carreiras para os profissionais da Saúde para que realmente possamos ter uma melhora significante nos serviços públicos ofertados à população. Tenho plena conciência que precisamos valorizar esses servidores, para que a partir dai, essa melhora possa de fato chegar aos cidadãos.

Agência Plácido: Qual o seu ponto de vista em relação a Festa do Milho Verde? 

Camilo Silva: Na nossa gestão, nós implantamos uma política de apoio ao pequeno agricultor, na transferência de tecnologia, logistica, entre outros. Somos o primeiro município do Estado do Acre a construir o Mapa do Solo em parceria com a Embrapa, para que a partir dai, pudéssemos ter condições de orientar os nossos produtores rurais, compreendendo o potencial produtivo de cada território. 

Pelo menos 100 famílias já foram beneficiadas com mecanização, doação de sementes, recomendação de adubagem, correção de solo, entre outras ações, para que o produtor possa produzir com qualidade e assim abastecer o nosso mercado municipal de consumo.

Então, a Festa do Milho foi um momento para a gente celebrar a colheita dos resultados. O milho verde é um atrativo da culinária, então, nós empolgados e reconhecendo a importância desse cereal para a nossa economia, realizamos esta festa com a distribuição gratuita de pamonha, cural, bolo de fubá e uma série de outros produtos feitos com milho. Então, para nós a festa foi um sucesso, a comunidade esteve presente e nós saimos dali muito felizes. A festa passará a integrar o calendário de eventos do nosso município nos próximos anos.

Agência Plácido: Quais investimentos a prefeitura tem feito para o enfrentamento à Covid-19?

Camilo Silva: O município de Plácido de Castro também está sentindo o impacto da expansão da nova variante do coravírus. Não sabemos informar quando que por fim, vamos ficar livres da ameaça que essa doença representa. Embora nós estejamos em um nível de vacinação bastante avançado, recentemente está havendo um aumento gradativo de novas pessoas infectadas no município, mas sem registro de sintomas graves. Continuamos com nossas ações de vigilância, controle de eventos, redução do atendimento presencial nas repartições públicas, alertando as pessoas sobre a importância do uso de máscaras e fazendo a nossa parte, que é a de alertar a população sobre a ainda permanência da Covid no nosso meio.

Agência Plácido: Caso a pandemia permita, quais são os próximos eventos que a prefeitura irá realizar?

Camilo Silva: Nós estamos seguindo as orientações do Comitê Estadual de enfrentamento a Pandemia. Portanto, a prefeitura não realizará o Carnaval de rua em 2022, porque o Estado também não vai participar. Esperamos que consigamos realizar o aniversário da cidade de Plácido de Castro no dia 30 de março. Em decorrência da Pandemia, não comemoramos a data há dois anos seguidos. Esperamos que até lá, essa nova onda se dissipe para que possamos comemorar esse momento juntos com a nossa população.

O gestor encerrou a entrevista dizendo que até meados deste ano deverá lançar um edital de concurso público para a área da saúde, envolvendo a Assistência Social e a Vigilância Sanitária que atualmente possui em seu quadro, alguns servidores provisórios. "Assim que posicionarmos o nosso município dentro das metas fiscais permitidas, faremos um concurso público permanente para que os concurseiros, possam ocupar de forma definitiva essas vagas. Então em 2022 teremos sim concurso para a Saúde e Assistência Social para que possamos preencher as vagas que hoje são de processos seletivos simplificados". Finaliza.

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.