Domingo, 23 de Janeiro de 2022
29°

Pancada de chuva

Plácido de Castro - AC

Acre Imunização Infantil

No AC, vacina contra a Covid para crianças de 5 a 11 anos começa a ser distribuída nos municípios e imunização inicia na segunda (17)

Gerente do PNI no Acre, Renata Quiles, informou que distribuição começou na madrugada deste sábado (15) e que os quatro municípios isolados do estado vão receber o imunizante na segunda (17).

15/01/2022 às 13h18 Atualizada em 15/01/2022 às 13h24
Por: Agência Plácido Fonte: G1/Ac
Compartilhe:
No AC, vacina contra a Covid para crianças começa a ser distribuída nos municípios e imunização inicia na segunda (17) — Foto: Carlos Bassan
No AC, vacina contra a Covid para crianças começa a ser distribuída nos municípios e imunização inicia na segunda (17) — Foto: Carlos Bassan

Os municípios do Acre já começaram a receber as vacinas contra a Covid-19 destinadas a crianças de 5 a 11 anos. O primeiro lote com 7,2 mil doses da vacina da Pfizer destinada a este público chegou ao Acre na noite dessa sexta-feira (14), por volta das 22h20 no horário local.

A primeira informação era de que o voo que traria as doses chegaria ao estado acreano na noite de quinta (13), mas o avião pousou sem a carga.

A gerente do Programa Nacional de Imunização (PNI) no Acre, Renata Quiles, informou que a distribuição começou ainda na madrugada deste sábado (15) e que os quatro municípios isolados do estado - Jordão, Marechal Thaumaturgo, Porto Walter e Santa Rosa do Purus - vão receber o imunizante na segunda (17) por via aérea.

“Recebemos a vacina pediátrica contra a Covid ontem [sábado, 14] à noite e às 3h da madrugada os caminhões já estavam na estrada. Até a manhã deste sábado, 12 municípios já receberam as vacinas e o dia continua com a distribuição. Ainda hoje conseguiremos alcançar a entrega em 18 municípios. Na segunda [17] os quatro municípios isolados receberão suas vacinas por via aérea”, explicou.

A gerente do PNI no Acre afirmou que a imunização de crianças em todos os 22 municípios do Acre começa na segunda (17). Ela disse ainda que a quantidade que o estado recebeu, 7,2 mil doses, representando apenas 6% das doses necessárias, já que o público é de 120.654 crianças a serem vacinadas.

“Mesmo aqueles que vão receber por via aérea, os isolados, iniciarão na segunda. Essa condição foi pactuada ente os municípios, uma vez que a vacina chega ela tem temperatura de - 80ºC e precisa de um protocolo diferenciado de descongelamento. Esse descongelamento demora mais de 24 horas para acontecer e o preparo da vacina, então, ficou acordado que para não haver prejuízo, todos iniciariam na segunda. Recebemos o quantitativo de 7,2 mil doses referente à1ª dose para crianças de 5 a 11 anos”, acrescentou.

A previsão inicial era de que as doses chegariam ao Acre na próxima terça (18), mas a chegada do imunizante foi adiantada.

A Agência de Vigilância Sanitária (Anvisa) autorizou, em 16 de dezembro, a vacinação de crianças de 5 a 11 anos.

Imunizante chegu ao Acre na noite de sexta-feira (14) — Foto: Odair Leal/Secom

Casos e internações

No último boletim, divulgado pela Sesacre, na sexta, o Acre chegou ao número de 89.529 infectados. Foram 285 novos casos em 24 horas. Nenhum óbito foi registrado, fazendo com que o número oficial de mortes por Covid-19 permaneça em 1.854 óbitos.

Em todo o estado, há três pessoas internadas nos leitos de UTI do estado, que são, ao todo, 20 - sendo 10 em Rio Branco e mais 10 em Cruzeiro do Sul. A taxa de ocupação de UTI é de 15%.

Mesmo com salto de 171 casos de Covid-19 em dezembro para 804 somente em 13 dias de janeiro, a Secretaria Estadual de Saúde do Acre (Sesacre) informou que a vacinação tem reduzido o número de internações no Acre.

At essa sexta (14), Instituto de Ortopedia e Traumatologia do Acre (Into-AC) contava apenas com dois pacientes internados na enfermaria e outros três na Unidade de Terapia Intensiva (UTI).

Treinamento

As equipes de saúde, tanto da capital como do interior do estado, passaram por capacitação necessária para imunizar as crianças de 5 a 11 anos.

De acordo com o PNI, não haverá cadastramento de crianças. Alguns estados brasileiros fizeram o cadastro de crianças enquanto esperavam o envio de doses do governo federal.

Sem receita médica

O Acre não vai exigir prescrição médica para vacinar crianças contra a Covid, segundo a Sesacre. Em dezembro do ano passado, o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, chegou a afirmar que recomendaria a cobrança do documento.

No último dia 5, o Ministério da Saúde divulgou as regras para a vacinação de crianças de 5 a 11 anos e abriu mão da exigência de receita médica para imunização desta faixa etária.

De acordo com o governo, a vacinação infantil ocorrerá:

  • em ordem decrescente de idade (das crianças mais velhas para as mais novas), com prioridade para quem tem comorbidade ou deficiência permanente e para crianças quilombolas e indígenas;
  • sem necessidade de autorização por escrito, desde que pai, mãe ou responsável acompanhe a criança no momento da vacinação;
  • com intervalo de oito semanas – um prazo maior que o previsto na bula, de três semanas.

 

 

 

 

 

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.