Domingo, 22 de Maio de 2022
28°

Poucas nuvens

Plácido de Castro - AC

Educação Penduricalhos

Sinproacre se reúne na Casa Civil para cobrar do Governo piso salarial que atenda professores ativos, aposentados e servidores de apoio administrativo

Durante reunião foi proposto a aceitar que se use os recursos da reposição da inflação, do auxílio alimentação, juntamente com os recursos do Fundeb na composição do de um piso salarial justo

19/01/2022 às 12h55
Por: Agência Plácido Fonte: Notícias da Hora
Compartilhe:
Sinproacre se reúne na Casa Civil para cobrar do Governo piso salarial que atenda professores ativos, aposentados e servidores de apoio administrativo

Na tarde da última segunda-feira, 17, a diretoria do Sindicato dos Professores do Estado do Acre (Sinproacre), junto com Codep e Sinteac, reuniram-se na casa civil para cobrar da comissão do governo a implantação do piso salarial dos professores ativos, aposentados e servidores de apoio administrativo, no mês março com pagamento retroativo a janeiro.

Durante reunião foi proposto a aceitar que se use os recursos da reposição da inflação, do auxílio alimentação, juntamente com os recursos do Fundeb na composição do de um piso salarial justo e forte, que proporcione respeito e valorização a todos os profissionais da educação ativos e aposentados.

O senhor Flávio um dos representantes da equipe de negociação se responsabilizou de apresentar a nossa ideia de piso salarial ao Governador Gladson Cameli e a Secretária da pasta Socorro Neri e nos ligar hoje, dia 18 de janeiro, com uma data para a contraproposta.

O Sinproacre solicitou uma proposta em caráter de urgência, para que a categoria possa analisar, discutir e deliberar em Assembleia Geral.

É importante que o prazo para aprovação na ALEAC é até o final de fevereiro, com pagamento em março, retroativo a janeiro.

Qualquer outra data que venha a ser ventilada será pura especulação.

O Sinproacre chama a atenção dos associados para que não se engane com conversar paralelas, as as negociações são com a direção do Sinproacre, Sinteac, Sintae e Codep.

Chega de penduricalhos, a luta é por nosso piso salarial aprovado já!

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.