Quarta, 18 de Maio de 2022
18°

Muitas nuvens

Plácido de Castro - AC

Cultura Acre

Governo firma parceria com a Associação de Artistas Plásticos do Acre para realização de mostra de artes visuais

Dia 6 de dezembro, próxima segunda feira, a Secretaria de Estado de Planejamento e Gestão (Seplag), em parceria com a Associação de Artistas Plásti...

01/12/2021 às 15h10
Por: Agência Plácido Fonte: Secom Acre
Compartilhe:
Foto: Reprodução/Secom Acre
Foto: Reprodução/Secom Acre

Dia 6 de dezembro, próxima segunda feira, a Secretaria de Estado de Planejamento e Gestão (Seplag), em parceria com a Associação de Artistas Plásticos do Acre (AAPA), inaugura a Mostra Seplag de Artes Visuais. Natalino Santos da Conceição é o primeiro artista plástico a participar da exposição, que estará no hall do Palácio das Secretarias durante todo o mês de dezembro.

A obra “Armadilha de caça” estará em exposição. Imagem: Portfólio Natalino Santos da Conceição
A obra “Armadilha de caça” estará em exposição. Imagem: Portfólio Natalino Santos da Conceição

A iniciativa busca incentivar a produção artística e cultural acreana, dando a oportunidade de artistas locais dexporem as suas obras mais recentes e revelar artistas visuais de todas as categorias como pintura em telas, gravuras, aquarelas, dentre outras. A ideia é que todos os meses a AAPA traga exposições diferentes para compor a Mostra Seplag até o final de 2022

Primeiro artista a participar da Mostra, Natalino Santos é reconhecido pela abordagem naturalista e pela representação de cenas cotidianas do interior da Amazônia e da figura do homem caboclo. Nas suas pinturas, busca refletir sobre a ação predatória do homem e tem como inspirações referências de vegetações nativas, animais, seringueiros, costumes e tradições.

Placido de Castro/Praça da Revolução, obra que estará em exposição. Foto: Portfólio Natalino Santos da Conceição
Placido de Castro/Praça da Revolução, obra que estará em exposição. Foto: Portfólio Natalino Santos da Conceição

“Essa exposição traz uma junção de trabalhos meus realizados nos últimos 10 anos sobre a ação do homem ao meio ambiente e cria uma construção poética a partir das vegetações e os povos da floresta para construir um intermédio entre as pinturas e a paisagem da floresta amazônica”, afirma Natalino Santos da Conceição.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.