Domingo, 23 de Janeiro de 2022
29°

Pancada de chuva

Plácido de Castro - AC

Saúde Boletim Covid-19

Com 250 exames em análise, Acre tem mais de 100 novos casos de Covid neste sábado (15)

Nenhuma morte foi registrada neste sábado (15), de acordo com a Secretaria de Saúde do Acre (Sesacre).

15/01/2022 às 14h49
Por: Agência Plácido Fonte: G1/Ac
Compartilhe:
Acre tem, até este sábado (15), 250 exames para detectar Covid-19 em análise — Foto: Odair Leal/Secom
Acre tem, até este sábado (15), 250 exames para detectar Covid-19 em análise — Foto: Odair Leal/Secom

O Acre confirmou mais 106 novos casos de Covid-19 neste sábado (15), de acordo com o boletim da Secretaria de Estado de Saúde (Sesacre). O número de casos aumentou de 89.529 para 89.635. Nenhuma morte foi notificada, assim, o número de vítimas fatais pela doença continua sendo 1.854 no estado.

Ao todo, 250 exames estão à espera de análise do Laboratório Central de Saúde Pública do Acre (Lacen) e 86.374 pessoas receberam alta médica desde o inicio da pandemia.

Desde que a base de dados voltou a funcionar, na terça (11), o Acre teve um boom de casos, totalizando, até este sábado, 1.195 novos infectados.

Com o aumento no número de casos, as unidades de saúde voltaram a ficar lotadas. A busca por testes em farmácias também aumentou.

O estado chegou a ficar dois dias sem emitir o boletim alegando instabilidade do sistema de notificação ESUS-VE e da dificuldade que a equipe técnica estava tendo com a consolidação dos dados de Covid-19, referente aos testes de RT-PCR e Testes Rápidos de antígeno. A divulgação do boletim do coronavírus foi suspensa nos dias 8 e 9 deste mês e retornou na última segunda (10).

Uso obrigatório da máscara

O Comitê de Acompanhamento Especial da Covid-19 emitiu recomendação técnica à Casa Civil, orientando o governo para que determinasse a manutenção das medidas sanitárias referentes à pandemia da Covid-19. A preocupação agora é com a variante ômicron, mesmo sem ter casos confirmados no estado.

Então, o governador Gladson Cameli determinou a obrigatoriedade do uso de máscaras em ambientes internos e externos até o dia 15 de janeiro de 2022, data em que as autoridades em saúde do Estado farão outra avaliação do cenário epidemiológico para que o governador determine as próximas medidas.

 

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.