Sábado, 01 de Outubro de 2022
23°

Poucas nuvens

Plácido de Castro - AC

Polícia Seringueiras

Nova operação da PF prende suspeitos de tráfico internacional de drogas

Mandados foram cumpridos nesta quinta-feira (22) em várias cidades do estado. Duas das ordens são de prisão.

22/09/2022 às 09h30
Por: Agência Plácido Fonte: G1/Ro
Compartilhe:
Operação Putridum Messis foi realizada em Rondônia — Foto: PF/Reprodução
Operação Putridum Messis foi realizada em Rondônia — Foto: PF/Reprodução

Dois criminosos envolvidos com o tráfico internacional de drogas em Seringueiras (RO) foram presos, nesta quinta-feira (22), em mais uma operação da Polícia Federal (PF) em Rondônia.

A Operação Putridum Messis, como é chamada, cumpre dois mandados de prisão temporária e 10 mandados de busca e apreensão em Ji-Paraná, Seringueiras, Alvorada do Oeste e Jaru. A ação também tem apoio da Polícia Militar.

Segundo a PF, a as investigações contra o grupo envolvido com o tráfico começou no mês de abril, após a PM apreende 440 quilos de cocaína no interior de um carro que foi abandonado por seus ocupantes em estrada vicinal da zona rural de Seringueiras.

Com investigações em andamento, a PF descobriu a existência de um grupo criminoso especializado no tráfico de entorpecentes para o exterior.

Os nomes dos presos na operação nesta quinta-feira não foram divulgados. Durante o cumprimento de um mandado de busca e apreensão a PF encontrou uma arma na gaveta de um armário (veja na foto abaixo).

 Agentes apreende arma na operação Putridum Messis — Foto: PF/ReproduçãoAgentes apreende arma na operação Putridum Messis — Foto: PF/Reprodução

Putridum Messis

Segundo a polícia, o nome da operação é um termo em latim que significa colheita podre e é uma alusão às alcunhas dos principais alvos e ao próprio item ilícito negociado por eles.

 

 

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.